1 de mai de 2012

O Último Grande Herói

 Há exatos 18 anos, a F1 perdeu um de seus maiores ídolos: Ayrton Senna da Silva. No dia 1º de Maio de 1994, morreu aos 34 anos, após sofrer um acidente na curva Tamburello, no circuito de Imola no GP de San Marino. Lembro que chorei muito, pois além de perder um ídolo, estávamos perdendo o amigo de todos os domingos,  com Senna na pista, era emoção o tempo todo, pois sua garra e determinação e o amor pelo Brasil, nos emocionava, era só esperar o final da corrida para escutar o tema da vitória que se eternizou através de suas conquistas. A partir daquele momento a F1 para mim perdeu a graça, E o Brasil perdeu seu Último Grande Herói. Salve Senna!


Nenhum comentário:

Postar um comentário