7 de nov de 2011

Carpina se destaca negativamente, vergonha mais uma vez para essa gestão

A reportagem foi publicada dia 06 de novembro de 2011, no Diario de Pernambuco tirem suas conclusões.


Seis na lista dos 500 piores do país
Recife, domingo, 6 de novembro de 2011



Pernambuco tem seis municípios na lista dos 500 piores do país, em relação ao IFDM. Santa Maria do Cambucá, Paranatama, Manari, Saloá, Xexéu e Barra de Guabiraba têm índices entre 0,4831 e 0,5040. Outro destaque negativo é Granito, que caiu do 78º para o 179º lugar, entre 2008 e 2009. A situação mais preocupante, no entanto, é a de Carpina, cujo mercado de trabalho está em franca decadência. A queda de Granito (- 10,4%), no Sertão, está vinculada à diminuição de 20% da renda média entre 2008 e 2009, passando de R$ 761,88 para R$ 608,45. “Outro dado importante é que não houve geração de emprego no município, que, em 2008, só tinha 48 trabalhadores”, diz o analista de Desenvolvimento Econômico da Firjan, William Figueiredo. Granito ocupa a “lanterninha” do ranking estadual, em Emprego & Renda (0,1048). Entre 2000 e 2009, o indicador caiu 53,2%. O IFDM de Xexéu, na Zona da Mata, também despencou, da 85ª para a 181 posição, por causa de Emprego & Renda (0,2563). A situação é agravada pelo indicador Educação. “Nos seis critérios (matrícula na educação infantil, abandono, distorção idade/série, docentes com ensino superior, horas-aula diárias e resultado no Ideb), Xexéu tem resultados piores que a média nacional”, diz Figueiredo. Carpina,  é o único município do estado a apresentar retrocesso no IFDM, entre 2000 e 2009. A queda de 1,8% está baseada no indicador Emprego & Renda, cuja redução foi de 47,5%, menor, apenas, que as de Granito (53,2%) e Jaqueira (64,3%). Só em 2008, 113 postos foram fechados. Em 2009, outros 17. Segundo Figueiredo, a indústria calçadista é a maior responsável pelo declínio.

Um comentário:

  1. É UMA VERGONHA!!!E AINDA DIZEM QUE CARPINA AGORA É TRABALHO...

    ResponderExcluir