28 de set de 2011

Charles Meira, consegue vitória sobre o Executivo Municipal




Após uma semana da última reunião na Câmara de vereadores do Carpina, as emendas a LDO, foram aprovadas por unanimidade. Essas emendas feitas pelo vereador Charles Meira, tiraram o poder do executivo muncipal de pagar o aumento dos funcionários através de abono. Segundo o vereador essa prática abusiva lesa o funcionário que deixa de recolher para previdência o valor do salário real. A explanação do vereador quando da discussão das emendas foi o ponto alto da reunião com os professores aplaudindo o vereador que sempre se mostrou um defensor dos funcionalismo publico.



Na semana passada os vereadores de situação não compareceram a reunião que seria a primeira votação da LDO, o vereador Charles Meira, discursou para os funcionários que lotaram a casa legislativa que ficaram  indignados com a postura dos vereadores de situação. Mais no final a vitória foi nossa.







22 de set de 2011

Vereador Charles Meira, defende funcionários municipais



A sessão da Câmara de Carpina no último dia 20/09/2011, foi esvaziada pelos vereadores da situação onde nessa reunião seria votado a LDO ( Lei de Diretrizes Orçamentárias ) para 2012, e nessa Lei estava contido alguns artigos que previa que o Executivo poderia pagar os funcionários e os professores do município através de abono. A Câmara Municipal ficou lotada por funcionários e sem um número suficiente de vereadores, não pôde haver deliberação. Mesmo assim o vereador Charles Meira fez uso da tribuna e repudiou a atitude dos vereadores, pelo desrespeito com a classe do funcionalismo público,e mostrou que as emendas de sua autoria estão prontas para coibir o abuso de efetuar pagamento através de abono. Segundo Meira, essa prática é abusiva por parte do gestor e que continuará atento para que injustiças não sejam cometidas contra os funcionários e a população de Carpina, alem do que quando foi para votar a doação do terreno para a Concessionária os vereadores votaram rapidinho, no sistema  the flash.

20 de set de 2011

Carpina aparece novamente em jornal com matéria negativa

Jornal do Commercio publicou nesta terça-feira uma matéria a respeito da doação do terreno do município a uma concessionária da volkswagem, que vergonha Carpina.

17 de set de 2011

VAMOS MOSTRAR NOSSA INDIGNAÇÃO: ABAIXO-ASSINADO, JÁ!








Estarei fazendo um abaixo-assinado para os carpinense que quiserem mostrar sua indignação contra a doação do terreno público que foi doado pelo prefeito a uma concessionária de veículos. Vale salientar que entramos com uma representação junto ao MPPE, mais a chancela do povo, é muito importante nesse caso. Quem quiser aderir é só pegar uma folha de papel ofício e começar a pegar assinaturas, se for com RG melhor ainda, diga onde está que vou buscar. O cabeçalho do abaixo-assinado fica na primeira página e essa eu preparo. Vamos juntos com essa luta.

Ministério Público é acionado em Carpina

Os vereadores Charles Meira e Marta Guerra entraram com uma representação contra a Prefeitura do Carpina, pedindo providências ao MPPE, pela aprovação da doação do terreno da Prefeitura as margens da PE-90, ao lado da FALUB, em tempo recorde. O caso não está encerrado, a justiça irá ser feita pois  essa enganação de dizer que uma Concessionária de Veículos irá promover 68 empregos, é uma mentira deslavada, pois as maiores Concessionárias de Carpina, não possui 1/3 desse número de funcionários. Além do mais, existe muitos comerciantes de Carpina, que queriam colocar seu comércio num local daqueles, e porque não foi doado para eles??? Perguntem ao prefeito. Comentou Charles Meira.

13 de set de 2011

VERGONHA, CARPINA


Vereadores de Carpina aprovaram um Projeto de Lei enviado pelo prefeito, no dia de ontem e votado as pressas no mesmo dia, a doação de um terreno a uma concessionária volkswagem de Timbaúba, em um local as margens da PE-90, uma das aréas mais valorizadas da cidade. O que nos deixou perplexos, foi que o projeto veio de urgência urgentissima, e os vereadores de situação solicitaram ao Presidente da casa que fosse votado no mesmo dia, a oposição não aceitou mais foi derrotada por 5 x 4. Os vereadores Charles Meira, Evaldo e Marta Guerra, ficaram envergonhados com a postura dos colegas e se retiraram do plenário, o vereador Cicero de Florestinha, votou contra. Nós carpinenses gostariamos de saber o que Carpina irar ganhar com essa doação, já que a concessionária já existe em Carpina em um prédio alugado em outro local. É uma coisa injustificável dizer que a concessionária irá empregar mais de 60 pessoas. O prefeito em sete anos de mandato não doou um só terreno a pessoas pobres do município,e agora comum Projeto fajuto, quer empurrar de goela abaixo essa pouca vergonha. Uma pergunta fica no ar: o que o prefeito está levando com isso, doando um terreno em um valor estimado em mais de R$ 3.000.000,00 faltando 1 ano para as eleições municipais.
A população tem de se manifestar, pois iremos ao MPPE, pedir providências para essa pouca vergonha.

12 de set de 2011

Bloger MN, foi um sucesso

O encontro foi muito proveitoso, e a sintonia entre os blogueiros foi o ponto alto.
Blogueiros unidos por uma causa, a associação que estará se consolidando, no próximo encontro e Vitória de Santo Antão. Então, até lá. DSC03545

10 de set de 2011

Blogueiros Unidos por uma só causa

123É hoje, vamos blogueiros discutir os assuntos pertinentes a classe,
pois os blogs são os informativos mais atualizados que existem no
momento. Blogueiros unidos, já!

Carpina só se ama uma vez, a primeira e para sempre

Dia 11 de setembro dia da Emancipação política de Carpina. Vai aqui a minha homenagem.

É assim que é amada a minha terra que fica entronizada num planalto a 184 m do nível do mar. Descoberto pelo português Martinho Francisco de Andrade Lima por volta do ano de 1870. Vindo de Portugal aqui se instalou para desenvolver sua profissão de carpinteiro, cobiçada pelas áreas de mata virgem aqui existente, ergueu nessa chã a sua moradia à margem do caminho que cortava a dita chã em demanda do Recife onde vivia da sua profissão.


Começou a ficar conhecido o local como chã do carpina, pelos viajantes que por ali transitava. Tinha como única vizinha a D. Aninha, que comerciava banana, jaca, fumo, aguardente, mel etc. Passaram-se os tempos e a chã começou a ficar conhecida e outras pessoas também começaram a construir casas de taipa para se fixar no local, explorando a agricultura. O comércio foi crescendo deixando de ser prioridade de D. Aninha, o clima, um dos mais excelentes, cobiçava a todos. Em 1881 foi aberta a estrada de ferro para Limoeiro e logo depois para Nazaré da Mata, fazendo-se o entroncamento na chã. Veio o desenvolvimento, sucediam-se as construções, crescia a população.

Em 1836 o Sr. João Batista de Carvalho, um dos moradores mais antigos da chã, tomou a iniciativa de desapropriar roçados, enfrentando sérias oposições, a fim de construir uma praça, hoje denominada de Praça Joaquim Nabuco. Em seguida foi criado o distrito no ano de 1901. Daí começaram a alvorecer os primeiros anseios de liberdade. Em 1908 o trem de ferro, puxado por uma Maria Fumaça, parava na estaçãozinha do planalto, conduzindo a comitiva presidencial em demanda à Paraíba. O Presidente Afonso Pena era recebido com festa. Em dado momento surgiu da multidão um fedelho de 13 anos para fazer uma saudação ao ilustre mandatário. E o fez com garbo. Era o menino Assis Chateaubriand, foi comentário de todas as reuniões. O velho Tota também morador antigo da Chã, convocou um grupo com finalidade de erigir um monumento para perpetuar o fato. E, com a presença do inglês Dr. Rawlison, o professor Chateaubriand, o tribuno Batista de Carvalho, o Capitão Osvaldo Freire, o Dr. Guerra, o farmacêutico José de Lima, o vigário Melo, surgiu a idéia de se erguer um pedestal simbólico encimado por um leão que ainda existe como notícia da época, na Praça São José.

O movimento de libertação começou a tomar vulto e, 1909, o distrito filho de Paudalho e Nazaré da mata, foi elevado a categoria de Vila, com a denominação de Floresta dos Leões. Não parou aí a luta de seus amigos para rebentar os grilhões que atavam o progresso deste planalto promissor . Após várias lutas políticas em 11 de setembro de 1928, recebeu a vila Floresta dos Leões as bênçãos da Lei. Ficamos independentes, mas, esquecido o velho carpinteiro Martinho Francisco. Quando em 1938, o historiador Mário Melo estudando a origem dos nomes e tradições das cidades pernambucanas, fez juz aquele que foi o desbravador da floresta Planaltina. Voltou a Floresta dos Leões a denominar-se Carpina, perdendo somente o prenome de Chã. Esta é um pouco da história desta cidade que nós amamos.





CHARLES MEIRA



Charles Meira no 2º Encontro do PRB de Pernambuco

O vereador Charles Meira, presidente do PRB de Carpina, esteve no encontro dos republicanos no Recife Mar Hotel, no dia 09/09/2011, na foto junto ao Presidente Nacional do PRB, Deputado Marcos Pereira. O encontro teve a participação do Prefeito do Recife, João da Costa, do Deputado João Paulo, dos deputados pelo PRB Vilalba e Evandro Garla, entre outros.