29 de mai de 2009

Municípios e Estado de PE firmam acordo com Ministro Temporão

Um pacto para reduzir a mortalidade infantil em Pernambuco foi assinado pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e pelo governador do Estado, Eduardo Campos, em solenidade que contou com o secretário estadual de Saúde, João Lyra Neto, e o prefeito do Recife, João da Costa - representando 26 municípios pernambucanos.
A assinatura aconteceu na tarde desta terça-feira (26), no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, e integra ação que se repetirá nos 16 Estados do Nordeste e Amazônia Legal - duas regiões que, juntas, representam quase 50% do total de óbitos de crianças com menos de 12 meses de vida no Brasil - 220.919 em sete anos.
O objetivo é diminuir em 5% ao ano a taxa de mortalidade infantil que, em Pernambuco foi de 29,5 por cada mil crianças nascidas, segundo dados de 2007 - número que coloca o Estado na quinta posição na região Nordeste. "Pernambuco vem reduzindo esse índice numa velocidade bastante razoável, mas precisamos manter esse ritmo e ainda acelerá-lo". Disse Temporão
PERNAMBUCO – No estado, as ações serão reforçadas em Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bom Conselho, Buíque, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Escada, Garanhuns, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Ouricuri, Palmares, Paulista, Pesqueira, Petrolina, Recife, Salgueiro, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, São Lourenço da Mata, Serra Talhada, Timbaúba e Vitória de Santo Antão.Serão ampliadas 88 equipes de Saúde da Família; criados 108 Núcleos de Apoio à Saúde da Família, 34 leitos de UTI, 102 leitos de UCI e 4 bancos de leite humano; adicionar 3 hospitais à Iniciativa Amigo da Criança, 5 maternidades com equipes qualificadas para o Método Canguru e 4 hospitais que vão aderir à Rede Perinatal; além disso serão qualificadas 804 equipes de Saúde da Família e os profissionais do SAMU para atendimento de urgências e emergências obstétricas e neonatais.
Com informações do Jc online

Nenhum comentário:

Postar um comentário